prefeitura ibate

ibaté / MP recorre ao TJ-SP e retira “14º salário” e “abono aniversário” dos servidores públicos de Ibaté

prefeitura ibate

O Ministério Público do Estado de São Paulo ingressou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) para tornar sem efeito as Leis

Municipais que autorizam o Poder Executivo conceder o “14º salário” e o “abono aniversário” aos servidores públicos da Prefeitura de Ibaté.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), em julgamento no último dia 12, julgou procedente a ação do Ministério Público e os

servidores agora não receberão mais o 14º salário e o abono aniversário. “As vantagens ora impugnadas conferidas aos servidores públicos ativos

do Município de Ibaté não atendem a qualquer interesse público e,tampouco, às exigências do serviço, porquanto o requisito, para o seu

recebimento, serve apenas como mecanismo destinado a beneficiar interesses financeiros e pessoais exclusivamente particulares dos

servidores públicos”, expôs o Ministério Público. Para o MP-SP é necessário que as leis passem pelo denominado “teste” de

razoabilidade. “Não há, nas vantagens outorgadas – seja na concessão do décimo quarto salário (ainda que com outra denominação) ou na própria

gratificação de aniversário – pelas leis impugnadas, qualquer causa razoável a justificar sua instituição, implantando tratamento

desigualitário em detrimento dos trabalhadores em geral, e, nesse particular, fere a isonomia”, reiterou.

O Procurador-Geral de Justiça ressalta que assiduidade e pontualidade são deveres gerais funcionais não merecendo ao servidor público qualquer

acréscimo pecuniário para cumprimento de suas obrigações, e pelo qual já é remunerado por seu vencimento.

Preocupado com as perdas salariais, o prefeito José Luiz Parella conta que o corte desses benefícios vai prejudicar os servidores públicos.

“Quando implantamos essas melhorias salariais, pensamos única e exclusivamente na valorização dos nossos servidores municipais, que não

tinham reajustes salariais há mais de 20 anos”, contou. O prefeito ressalta que a grande diferença entre os funcionários da

iniciativa privada e o da pública, é que o da privada apresenta muitos atestados justificados, sendo que o empregador, caso conste que esse

funcionário não esteja atendendo a produtividade desejada, pode demiti-lo. Já no serviço público, todas as faltas justificadas não

ensejam em demissão, pelo fato da estabilidade. “Foi por esse motivo que a Prefeitura de Ibaté criou o prêmio por assiduidade aos servidores

públicos municipais, com objetivo de se evitar ausências ao trabalho e, consequentemente, não comprometer os serviços públicos que são

oferecidos à população”, afirmou. “Principalmente, quando se falta um professor ou um servidor da saúde. Além de ser difícil para substituir,

acarreta em mais gastos para a municipalidade”, complementou. Parrella lembra que o trabalho dos servidores públicos é imprescindível

para o bom andamento da cidade. “Não faço nada sozinho. Se não fosse pela ação dos nossos valorosos funcionários públicos, não tínhamos

melhorado a nossa cidade como melhoramos”, afirmou.

A Adin tramita no Órgão Especial do TJ-SP, sendo que em 26 de fevereiro de 2020, o prefeito protocolou recurso e pediu celeridade no julgamento,

bem como, o efeito suspensivo para fins de não prejudicar os direitos dos servidores públicos de Ibaté.

No recurso protocolado em defesa da constitucionalidade das Leis Municipais, Parrella afirmou que alguns servidores já receberam a

gratificação de aniversário nos meses de janeiro e fevereiro de 2020, entendendo que houve omissão específica quanto às consequências práticas

da decisão, vez que, prevalecendo os seus efeitos, haverá desigualdade entre os servidores que já receberam e aqueles que comemorarão seus

aniversários nos meses subsequentes ao mês de fevereiro de 2020.

Em suas razões, pediu ao TJ-SP a modulação dos efeitos para fins de fixar a eficácia do acórdão a partir do seu trânsito em julgado ou,

subsidiariamente, a partir de 01 de janeiro de 2021, especialmente para instituição de um regime de transição que possibilite considerar as

consequências práticas da decisão, em prestígio à isonomia, segurança jurídica e confiança legítima, nos termos do artigo 5º, “caput”, da

Constituição Federal.

O prefeito afirmou que a administração municipal está ao lado dos servidores públicos e que lutará até a última instância para que os

direitos dos servidores sejam mantidos, uma vez que, a prefeitura tem saúde financeira suficiente para honrar os referidos pagamentos.

 

Cônsul Israel 1

são carlos / Prefeito Airton Garcia recebe cônsul geral de Israel

Cônsul Israel 1

O prefeito Airton Garcia recebeu nesta quinta-feira (27/02), no Paço Municipal, o cônsul geral de Israel, Alon Lavi. Esta é a primeira vez que o cônsul visita São Carlos.

A visita de cortesia teve como objetivo estreitar as relações com a cidade de São Carlos para firmar parcerias nas áreas de inteligência artificial, saúde e segurança pública.

De acordo com Alon Lavi a cidade de São Carlos, por sua posição geográfica, pelas universidades, centros de pesquisa e empresas de tecnologia, é um importante polo de desenvolvimento do estado de São Paulo. “Queremos interagir com a Prefeitura de São Carlos para parcerias de interesse social e econômico. Nós queremos sempre cooperação com cidades importantes do Brasil. Hoje estou aqui para conhecer os líderes do município e também para verificar as necessidades da cidade e programas que podemos levar para Israel. São Carlos tem importantes projetos de inovação tecnológica, de monitoramento em segurança pública e na área da saúde, apesar do sistema dos dois países serem totalmente diferentes, temos equipamentos de ponta e podemos ajudar”, frisou o cônsul de Israel.

Cônsul Israel 8“A visita foi muito produtiva. Discutimos possibilidades de interação entre São Carlos e Israel. Eles têm interesse no centro de inteligência artificial do Instituto de Matemática, já que desenvolvem muitos projetos nessa área, portanto podemos intermediar parcerias e buscar os equipamentos que eles produzem na área da saúde”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, José Galizia Tundisi.

Caco Colenci, secretário de Planejamento e Gestão, disse que essa visita é mais uma possibilidade de parcerias também para exportação de produtos de São Carlos para outros países. “A ideia é internacionalizar São Carlos e com isso melhorar a economia da nossa cidade”.

Para o prefeito Airton Garcia esse encontro é uma oportunidade de mostrar para o cônsul o potencial de negócios de São Carlos e conhecer mais sobre o que Israel oferece. “É uma agenda importante para nós”. 

Alon Lavi, além de diplomata, é bacharel em Engenharia Biotecnológica na Universidade Ben-Gurion, em Israel. Conduziu pesquisa no Instituto de Bioquímica, na Universidade de Oxford, na Inglaterra; e é mestre em Resolução de Conflitos e Negociação pela Universidade Bar Ilan, em Israel.

A visita do cônsul também foi acompanhada pelos secretários de Segurança Pública, Samir Gardini, de Obras Públicas, Reginaldo Peronti, da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, José Paulo Gomes, de Esportes e Lazer, Edson Ferraz, de Infância e Juventude, Paulo Wilhelm, de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, pelo diretor presidente da FESC, Fernando Carvalho, pelo assessor especial de Gabinete, Antonio Carlos Catharino pelo chefe de gabinete, Carneirinho Pires.

horario comercio março

são carlos / ACISC divulga o horário do comércio de São Carlos para o mês de Março de 2020

horario comercio março

A ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos) divulga o horário de funcionamento do comércio de rua (centro e bairros) para o mês de Março de 2020.

Nos dois primeiros sábados, dias 07 e 14, as lojas funcionarão em horário especial, das 09h às 17h. Nos demais, a abertura das lojas até às 17h é facultativa.

De segunda a sexta-feira, o comércio funcionará normalmente, das 9h às 18h. Aos domingos, as lojas ficarão fechadas.

O presidente da ACISC, José Fernando Domingues, o Zelão, ressalta que o Horário do Comércio de São Carlos foi definido em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), pelos sindicatos da categoria, e a Associação apenas colabora no sentido de divulgá-lo, não interferindo na decisão dos calendários.

Para reclamações e/ou sugestões sobre o horário do comércio, pede-se para entrar em contato diretamente com os sindicatos responsáveis.

Serviço:

HORÁRIO DO COMÉRCIO – MARÇO 2020

Dia 07 e 14 (sábados): das 9h às 17h;

Dias 21 e 28 (sábados): abertura até às 17h é facultativa;

De segunda a sexta-feira: das 9h às 18h.

Confira também o Horário do Comércio de São Carlos em nossas redes sociais: @aciscsaocarlos.

reunião protocolo coronavirus 4

são carlos / Vigilância Epidemiológica realiza capacitação sobre atendimento de casos suspeitos de coronavírus

reunião protocolo coronavirus 4

São Carlos não tem notificação de caso suspeito até o momento

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Vigilância Epidemiológica, está orientando os profissionais da rede municipal de saúde e de instituições particulares sobre as recomendações tanto da Organização Mundial de Saúde (OMS) como do Ministério da Saúde sobre a nova cepa viral, o coronavírus.

Durante a capacitação realizada nesta quinta-feira (27/02), para os supervisores das Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família, foram repassadas orientações como a identificação de paciente com coronavírus, condutas a serem adotadas frente a um caso suspeito, coleta de exames, notificação compulsória, manejo e tratamento clínico, dentre outros informes epidemiológicos importantes para identificar precocemente a circulação do vírus. 

Kátia Spiller, supervisora de Vigilância Epidemiológica, informou que em janeiro passado foi realizada uma pré-conferência com os profissionais da rede, porém devido à proporção mundial e com um caso já confirmado no Brasil na última quarta-feira (26/02), foi necessário desenvolver novas ações. “Toda a rede de atenção básica precisa estar preparada, inclusive a rede particular, mesmo não tendo nenhum caso suspeito até agora no município. Os números mostram uma letalidade baixa, porém precisamos de ações para que todos os profissionais saibam identificar, atender os casos da melhor maneira possível e acompanhar o tratamento. Todas as unidades precisam seguir um padrão de atendimento e a rede precisa trabalhar em parceria com a Vigilância Epidemiológica”, afirmou a supervisora.

Spiller ressaltou, ainda, que no início da doença, não existe diferença quanto aos sinais e sintomas de uma infecção pelo coronavírus em comparação com os demais vírus. “Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado.  Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais sintomas conhecidos até o momento são: febre, tosse e dificuldade para respirar”.

reunião protocolo coronavirus 2Em humanos, o novo coronavírus pode ser transmitido pelas gotículas respiratórias, por tosse e espirros em curta distância, sendo também transmitido por objetos contaminados. O vírus pode se disseminar no ar, afetando principalmente pessoas com a imunidade debilitada.

Para evitar contaminação, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Crislaine Mestre, garantiu que a capacitação continua nesta sexta-feira (28/02), a partir das 9h30, no Centro Municipal de Especialidades (CEME), desta vez com os profissionais das unidades de média e alta complexidade. “A capacitação será realizada para os profissionais da Santa Casa, Hospital Universitário, de planos de saúde e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). A nossa preocupação é que São Carlos abriga duas grandes universidades, centros de pesquisas, duas unidades da Embrapa, portanto recebe muitos docentes, pesquisadores e cientistas, de várias partes do mundo”, finaliza a diretora da Vigilância.

Em caso de suspeita, a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima da sua residência para iniciar a investigação. Em casos de sintomas mais avançados deve procurar uma unidade de pronto atendimento ou diretamente um hospital.

Restaurante Popular 11

SÃO CARLOS / Restaurante Popular do Antenor Garcia será inaugurado sexta-feira

Restaurante Popular 11

A Prefeitura de São Carlos inaugura na próxima sexta-feira, dia 28 de fevereiro, às 17h, a terceira unidade do Restaurante Popular instalado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, na rua Jayme Bruno, 55, no bairro Antenor Garcia.

A unidade do Restaurante Popular do Antenor Garcia vai ter capacidade para fornecer 500 refeições/dia no horário do jantar para a comunidade em geral. A refeição vai ter o custo de R$ 1,00 para a população, mesmo valor cobrado nas unidades do Cidade Aracy e da Vila Irene. Crianças menores de 5 anos e pessoas com deficiência não vão pagam.

O cardápio, seguindo o que já acontece nas outras duas unidades, contará com arroz, feijão, duas saladas, uma carne, uma guarnição, uma fruta e um copo de suco.

O valor investido para aquisição de equipamentos para montagem da cozinha e mobiliários, além de pratos, talhares, copos, bandejas, máquina de lavar louças e pista para acondicionamento das refeições foi de R$ 202.952,04, por meio de processo licitatório.

Paraná Filho, secretário de Agricultura e Abastecimento, destaca que o custo de manutenção dos restaurantes populares chegará a cerca de R$ 4,5 milhões anuais. “Dentro do atual volume de atendimento em São Carlos, os restaurantes custam para os cofres públicos R$ 1,5 milhão, cada unidade, por ano. Além da aquisição dos produtos alimentícios, temos os aluguéis, contas de água e luz, outros produtos, manutenção de maquinários e a contratação da empresa terceirizada que fornece a mão de obra, cozinheiras, auxiliares de cozinha, serviços gerais, etc”.

“É muito importante fazermos obras, mas o cuidado com o bem estar das pessoas também significa um grande avanço na gestão de qualquer governo”, avalia o prefeito Airton Garcia.

Restaurante Popular16Cozinha Piloto – Todas as refeições servidas nas unidades dos restaurantes populares são preparadas na Cozinha Piloto, localizada na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, onde também acontece o recebimento, seleção e processamento dos alimentos, em sua maioria oriunda da agricultura familiar do próprio município. Depois de processados, estes alimentos são distribuídos tanto para a Cozinha Piloto, responsável pelas refeições dos restaurantes populares, quanto para as cozinhas das escolas para o preparo da merenda escolar.

No caso dos restaurantes populares, as refeições são feitas diariamente, servidas frescas no mesmo dia do seu preparo, seguindo todas as normas sanitárias vigentes, que dão um limite de horas, do momento da produção até o consumo desse alimento. Com a inauguração da terceira unidade serão preparadas 1.500 refeições por dia na Cozinha Piloto.

No Restaurante Popular do Cidade Aracy, localizado na rua Vicente Laurito, nº 48, é servido café da manhã para os trabalhadores rurais das 5h às 7h e jantar, entre 18h e 19h30. Na Vila Irene, localizado na rua Joaquim Inácio de Moraes, nº 209, o restaurante é aberto na hora do almoço, de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 13h, porém está sendo realizado um estudo e a unidade deve ser transferida para o São Carlos VIII. O cardápio será o mesmo para as três unidades.

Dilemas Rotineiros

SÃO CARLOS / VALOR EXATO ACISC: DILEMAS ROTINEIROS

Dilemas Rotineiros

Todos os dias as empresas e seus administradores enfrentam o dilema Liquidez – Rentabilidade, mesmo que não saibam! O saldo bancário é um termômetro importante para muitos e funciona como um barômetro. Mas o saldo é resultado de escolhas e de fatores não controlados, como a capacidade de pagamento dos clientes.

A liquidez, como já tratada na seção “Valor Exato” em outras oportunidades, demonstra a capacidade de liquidar dívidas imediatamente ou dentro de um prazo definido. Corresponde ao total em disponibilidade menos o total das obrigações (Receitas imediatas – Pagamentos imediatos).

A rentabilidade ou retorno do capital investido corresponde ao excedente obtido pela aplicação de uma soma em ativos. Quando uma empresa investe em estoque, por exemplo, o resultado líquido dos custos e despesas da comercialização deve proporcionar um valor positivo. Tal valor, quando dividido pelo capital investido, oferece uma visão porcentual da rentabilidade.

A liquidez tem sido muito valorizada nos últimos anos. A liquidez afasta problemas com inadimplência e permite o aproveitamento de oportunidades de negócio. A regra de ouro das empresas de capital aberto tem sido manter um grande volume de liquidez para o aproveitamento de oportunidades de investimento.

No caso de grandes empresas ou empresas de portes menores que conservam muita liquidez o foco empresarial é a aquisição de outras empresas, unidades de negócio, mercadorias ou então um melhor enfrentamento com a concorrência. Quando a liquidez é menor o foco é manter a capacidade de pagamento.

O dilema existe com relação a rentabilidade porque a liquidez surge quando os investimentos passados proporcionam ganhos.  Logo, investir em ativos aumenta as chances de ter maior liquidez, porém, para tanto é necessário enfrentar o seguinte dilema:

– Investir no presente para alcançar rentabilidade maior e, consequentemente, maior liquidez no futuro!

Nas circunstâncias atuais as percepções quanto ao comportamento de consumidores (tema do Informativo Econômico ACISC de 25/02) são relevantes para a decisão de investimento e rentabilidade! Se um empresário tem uma percepção pessimista quanto a capacidade de consumo de seus clientes, este formará expectativas também pessimistas e poderá optar pela liquidez.

Outro empresário pode ter a mesma percepção dos seus clientes, mas diferentemente ele acredita que o cenário futuro poderá surpreender. Neste caso a decisão poderá ser o investimento em busca de aproveitamento de mercado futuro, o que aumentará a rentabilidade do negócio e a liquidez futura!

As percepções quanto ao comportamento esperado de consumidores e a gestão da relação liquidez – rentabilidade define a trajetória de crescimento da empresa!

Sobre


O Valor Exato ACISC é elaborado pelo Núcleo de Economia da ACISC em convênio com o Núcleo de Conjuntura, Finanças e Empreendedorismo do Departamento de Economia da UNESP Araraquara, sob a coordenação do Prof. Dr. Elton Eustáquio Casagrande e supervisão do Presidente da ACISC, José Fernando Domingues.

Carnaval Ibaté 37

IBATÉ / mais de cinco mil pessoas curtiram a tradicional Matinê de Carnaval 2020

Carnaval Ibaté 37

A criançada caiu na folia com muita espuma, confete e serpentina, na tarde do último domingo, 23, na tradicional Matinê de Carnaval que foi realizada pela Prefeitura de Ibaté.

De acordo com os organizadores, mais de cinco pessoas, entre crianças e adultos acompanhantes, estiveram na Pirâmide da Mata do Alemão, que foi totalmente decorada pelo profissional José Renato de Barros (o Renatinho), para que os pequenos foliões pudessem cair na folia e se divertir com muita espuma, confete e serpentina.

O prefeito José Luiz Parella comenta que a prefeitura fez uma programação muito especial para as crianças. “Como em todos os nossos eventos, a gente preparou uma programação especial com total segurança para nossas crianças, proporcionando diversão com vários personagens de desenhos e seriados animados, pintura facial, brincadeiras, marchinhas de Carnaval, cachorro quente, algodão-doce, pipoca, suco e água. Graças a Deus, ocorreu tudo na sua normalidade e os pequeninos se divertiram muito”, contou.

Carnaval Matinê Ibaté 127O vice-prefeito Horácio do Carmo Sanchez, que esteve participando do evento, falou sobre a alegria da criançada. “Foi um verdadeiro espetáculo, os personagens animando nossas crianças, que brincaram ao som das marchinhas de carnaval. Muito feliz com o sucesso de mais esse evento realizado pela Prefeitura de Ibaté”, disse Horácio.

Os pequeninos formaram enormes filas na oficina de pintura facial. “As crianças ficaram maravilhadas com a oficina, onde os monitores as crianças com o tipo de pintura que pediram”, ressaltou o vice-prefeito.

Maxwell e Bianca levaram a filha Rebeca para curtir a Folia do Rei Momo.

“Tudo muito bom e maravilhoso. Viemos todos os anos e é muito divertido”, disse o casal.

Zé Parrella também falou sobre a organização do evento. “Essa matinê foi realizada, especialmente, para as nossas crianças, que tiveram momentos de diversão e lazer, que elas merecem. Fico muito feliz de conseguir realizar eventos para as crianças da nossa cidade. Agradeço toda a nossa equipe que ajudou e fizeram essa festa acontecer, se doando e trabalhando para que tudo fosse perfeito. Obrigado também às famílias de Ibaté e região, que trouxeram suas crianças para a nossa Matinê, acreditando na segurança do nosso evento. Ano que vem tem mais”, finalizou o prefeito.

CAIC Cemei Dario Rodrigues 1

SÃO CARLOS / Escola do CAIC passa por revitalização durante o Carnaval

CAIC Cemei Dario Rodrigues 1A Secretaria de Educação da Prefeitura de São Carlos está realizando desde sábado de carnaval (22/02), uma revitalização completa no Centro Municipal de Educação Infantil Dario Rodrigues, escola localizada no prédio do CAIC no bairro Cidade Aracy.

Os trabalhos começaram com a construção de uma nova caixa de esgoto com válvula de retenção na parte externa da escola, além da drenagem dos tanques de areia com a colocação de areia nova nos parquinhos infantis.

A parte interna da unidade está recebendo nova pintura, inclusive com reparo e pintura também dos pisos. Os banheiros receberam pias e vasos sanitários novos. Toda parte elétrica do CEMEI está sendo substituída.

“Estamos aproveitando esses dias de feriado prolongado para fazer esse trabalho para não atrapalhar as aulas e também por questões de segurança tanto dos alunos, como dos funcionários e professores”, justifica o secretário de Educação, Nino Mengatti.

De acordo com o diretor de Manutenção da SME, Roberto Rado, o telhado da escola também está recebendo uma lavagem especial. “Já a parte externa vai receber nova pintura em uma segunda etapa de serviço em data também que não atrapalhe as aulas. Essa primeira etapa acaba até o próximo fim de semana”.

O CEMEI Dario Rodrigues atende 380 crianças em dois períodos na educação infantil.

Carnaval policiamento 1

SÃO CARLOS / Prefeitura, Guarda Municipal e Polícia Militar divulgam balanço do Carnaval 2020

Carnaval policiamento 1

Nenhuma ocorrência grave foi registrada nos dias de folia

Depois de cinco dias de folia, de 21 a 25 de fevereiro, a Prefeitura de São Carlos, apresenta o balanço do carnaval 2020, período em que foram realizados eventos para os foliões em sete diferentes locais: Ginásio Milton Olaio Filho (Carnafunk), Praça da XV (Praça Doutor Christiano Altenfelder Silva), Fundação Educacional São Carlos (FESC), Praça Ronald Golias (Cidade Aracy II) e nos distritos de Água Vermelha e Santa Eudóxia.

A Polícia Militar, Guarda Municipal, fiscais do Departamento de Fiscalização da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano e agentes de trânsito trabalharam durante toda a festa. O patrulhamento foi realizado a pé, motorizado e em ponto fixos visando promover e proporcionar ordem e segurança a população.

Carnaval policiamento 2De acordo com a PM e a GM durante os cinco dias de folia foram abordadas 996 pessoas, 412 carros e 84 motocicletas. Foram recolhidos 5 carros, 3 motos apreendidas 3 CNH. Confeccionadas 94 autuações de trânsito. Além disso, 3 procurados foram recapturados, 1 arma de fogo foi apreendida, realizados 4 flagrantes de furto, 1 flagrante de receptação e 2 flagrantes de embriaguez ao volante. A GM também atendeu 5 chamados do Conselho Tutelar, 4 por perturbação do sossego (som alto em bares), registrou 13 relatórios de ocorrências e 92 alarmes foram verificados. A Central de Monitoramento acompanhou as imagens das 40 câmeras instaladas em toda a cidade.

A PM também registrou um roubo na Praça da XV no domingo, dia 23 de fevereiro, porém as equipes da Polícia rapidamente localizaram o autor, que foi conduzido ao plantão e o relógio furtado foi recuperado.

Já o Departamento de Fiscalização da Prefeitura vistoriou os 5 locais particulares licenciados para a realização do carnaval. Outro local foi interditado por falta de autorização para realização de evento. Foi necessária a retirada de 10 ambulantes de outras cidades que tentaram trabalhar durante o carnaval em São Carlos. Somente foi autorizado o trabalho de 60 ambulantes que se inscreveram antecipadamente para trabalhar na Praça da XV e no Ginásio Milton Olaio Filho.

“Tanto a PM como a GM intensificaram a presença nos locais com maior concentração de público e nas vias públicas, proporcionando tranquilidade e segurança aos foliões. Não houve o registro de ocorrências graves nos eventos de carnaval”, afirmou Samir Gardini, secretário municipal de Segurança Pública.

chuvas 3

SÃO CARLOS / São Carlos registra 70 mm de chuva na quarta-feira de cinzas

chuvas 3

A chuva nesta quarta-feira de cinzas, 26 de fevereiro, começou no final da manhã e até o início da noite já foram registrados 70 mm, atingindo novamente com alagamentos a Praça Itália, Rotatória do Cristo, CDHU, Cidade Aracy e a região do kartódromo. Não foram registradas vítimas.

De acordo com a Defesa Civil de São Carlos esse é o mês de fevereiro mais chuvoso dos últimos quinze anos. Já choveu 466 mm, a média registrada nos últimos quinze anos foi de 196,3 mm, portanto mais que o dobro da média.

Desta vez a baixada do mercado, centro comercial da cidade, não foi atingida. O caso mais grave foi registrado na Praça Itália onde um veículo tentou enfrentar o alagamento, porém ficou retido embaixo do pontilhão. Os ocupantes do veículo nada sofreram.

Nove residências localizada no bairro Cidade Aracy foram invadidas pela água e os moradores perderam muitos móveis e objetos. A Secretaria de Cidadania e Assistência Social está atendendo as famílias.

Parte da pista da rua João Ramalho, esquina com Benedita Staal Sodré, no Jardim Centenário, também foi interditado em virtude do desmoronamento de parte das margens do córrego Santa Maria Madalena.

O prolongamento da avenida Trabalhador São-carlense ficou alagado e permanece interditado, assim como a alça de acesso pela avenida Tancredo Neves para Alameda das Quaresmeiras. Outro trecho interditado fica na avenida Francisco Pereira Lopes (região do antigo restaurante Casa Branca).

A Prefeitura de São Carlos já recuperou alguns locais atingidos pelas chuvas, entre eles a rua Episcopal entre as ruas Geminiano Costa e Santa Cruz, obra realizada por contratação emergencial no valor de R$ 300 mil. Todos os buracos abertos pela chuva nas calçadas da região central já foram tapados e a Rotatória Paulo Ricci recuperada.

Na curva do Joinha, na avenida Trabalhador São-Carlense, foi realizada a contenção dos taludes nas margens do córrego Monjolinho para segurar a erosão, serviço que está sendo realizado em outros córregos da cidade.

chuvas 2O SAAE iniciou a recuperação do emissário de esgoto que rompeu com as últimas chuvas, localizado a jusante da linha férrea, próximo ao loteamento recreio dos bandeirantes. A obra deve ser concluída em 45 dias, dependendo das condições climáticas e vai custar mais de R$ 500 mil aos cofres públicos.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, também já garantiu a construção de um piscinão na região da CDHU para acabar com as enchentes no local e diminuir a vazão de água no mercado municipal. O obra começa agora no mês de março. A previsão de execução é de 120 dias, um investimento de R$ 1.231.076,00. A capacidade do piscinão será de 125 mil metros cúbicos de água, com 6 metros de profundidade. O reservatório será construído no cruzamento das avenidas Heitor José Reali com Airton Salvador Leopoldino Júnior. Para obras de prevenção como uma ponte na Rotatória do Cristo, com galeria de 4 metros por 3 de altura, saindo do Mineirinho e fazendo com que á água entre com outra angulação no Monjolinho e de outros reservatórios de contenção e barramentos no rio Sorrigotti e no córrego Lazarine, o município aguarda recursos externos. Apesar do estado de emergência ser reconhecido tanto pelo Governo do Estado como pelo Governo Federal, ainda não existe previsão de repasses para o município. Somente para essa obras são necessários mais de R$ 7 milhões.