comissaoSAAE02

SÃO CARLOS / SAAE MONTA COMISSÃO DE CRISE

comissaoSAAE02

O presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Carlos (SAAE), Benedito Marchezin, solicitou junto ao gabinete do prefeito a formação de uma comissão de crise para auxiliar no monitoramento estratégico do abastecimento da cidade e para checar a veracidade das denúncias de possíveis irregularidades no protocolo de operacionalização. A primeira reunião ocorreu na tarde desta segunda-feira (05/10).

Fazem da comissão os secretários de Segurança Pública, Samir Gardini, de Comunicação, Mateus de Aquino e outros integrantes da inteligência da SSP.

Uma das pautas da reunião foi a suspeita de sabotagem no sistema da autarquia. O vereador Paraná Filho verificou durante o fim de semana que os registros de abastecimento de água do grande Cidade Aracy estavam com apenas 20% de sua capacidade aberta.

Já Benedito Marchezin abordou as constantes quedas de energia, o que segundo ele atrapalha todo o sistema. “Um corte de energia de 2 a 3 minutos para o SAAE é muito. Esse final de semana tivemos falta de energia na região do São Carlos III, Jardim do Bosque, Jardim Embaré e Terra Nova, porém nesses mesmos locais existem poços profundos de captação de água. Uma queda de 2 minutos significa quase 2 horas para restabelecer toda a capacidade de produção. Também sempre corremos o risco de perder bombas”, ressaltou o presidente da autarquia.

O secretário de Segurança Pública, Samir Gardini, disse que colocará o setor de inteligência para identificar possíveis danos, prejuízos ou até mesmo má fé, mas lembrou que sua pasta não vai investigar. “Esse não é o nosso papel, vamos colaborar e ajudar o SAAE a resolver essa questão”.

O secretário de Comunicação, Mateus de Aquino, afirmou que o papel da secretaria nesse momento é melhorar o tempo resposta da informação da autarquia aos usuários no caso de falta de água e também no restabelecimento dos serviços.

exame01

SÃO CARLOS / EXAMES DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA JÁ ESTÃO SENDO REALIZADOS DIRETAMENTE NAS UPAS

exame01

A coleta está sendo realizada pelos servidores das unidades e o material é encaminhado para laboratório credenciado

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou nesta segunda-feira (05/10) a coleta de exames laboratoriais diretamente nas unidades de pronto atendimento: UPA Vila Prado, UPA Santa Felícia e UPA Cidade Aracy.

Essa é a primeira vez que exames de urgência e emergência são coletados nas próprias unidades. Mais de 100 profissionais das UPAS passaram por um treinamento operacional em consonância ao protocolo sanitário de medidas de prevenção ao novo coronavírus. Também estão sendo instalados novos computadores e a equipe do laboratório credenciado continua acompanhando o início desse processo que foi pensado para respaldar o diagnóstico de pacientes e agilizar o atendimento.

São 11 tipos de exames entre eles hemograma, CKMB, troponina, ureia, creatinina, sódio, potássio, TGO, TGP, amilase e PCR total quantitativo. Com isso também desafogamos a Santa Casa já que esse paciente não será transferido para o hospital para fazer a coleta desses exames”, explica Marcos Palermo, secretário de Saúde.

A previsão de investimento por parte do município é de R$ 65 mil por mês, porém a demanda não é fixa, portanto não existe uma quantidade máxima pré-estabelecida.

Encontro01

ACISC / ACISC intermedia encontro virtual com a secretária estadual Patrícia Ellen

Encontro01

A Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) intermediou a realização de uma reunião virtual nesta quinta-feira (24), entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e as indústrias com base tecnológica no agronegócio, associadas à Regional São Carlos do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).

José Fernando Domingues, presidente da ACISC, explica que o encontro virtual marcou a abertura de um diálogo entre o governo estadual e a indústria são-carlense. “Fomos procurados pela assessoria da secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, para intermediar esse encontro – que seria presencial, porém, por conta da pandemia não foi possível a visita dela a São Carlos – e contatamos o diretor do Ciesp São Carlos, Emerson Chu, para organizarmos o evento”, explicou.

Na oportunidade, os empresários puderam realizar uma breve apresentação de suas empresas para a secretária estadual e falar de suas expectativas para o futuro, em um ano bastante conturbado por conta do novo coronavírus.

Emerson Chu destacou a variedade de segmentos industriais existentes em nossa cidade. “Esse foi um momento importante para que a Secretária pudesse entender o perfil das indústrias da região. Desta forma, fica mais fácil criar um caminho para discussão de políticas industriais para a nossa região perante o estado”, observa Chu.

Patrícia Ellen propôs a realização de lives sobre o assunto até novembro quando, então, pretende promover um encontro presencial com as indústrias e empresas de base tecnológica da região.

“Foi muito positiva. Acreditamos que esse canal direto com o Governo do estado, através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, é muito importante para a nossa cidade, em especial, para os nossos empresários. Esperamos, contudo, que esses encontros possam seguir acontecendo e a gente continue tendo esse espaço aberto para dialogarmos e apresentarmos soluções para as nossas indústrias”, ressalta Zelão.

Inicialmente, foram convidadas as indústrias com base tecnológica no agronegócio. Participaram dessa primeira rodada de apresentação as empresas Amazon Agrosciences, AnimallTAG, Casale Equipamentos, Nanox Tecnologia e Piccin Máquinas Agrícolas, além de empresas de Araraquara.