SAAE 3

SÃO CARLOS / SAAE vai receber R$ 1,4 milhão de recursos da FEHIDRO

SAAE 3

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE São Carlos) foi contemplado com três projetos aprovados junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) e cujos recursos foram liberados no início desta semana pelo governador João Dória.

Os recursos da FEHIDRO totalizam R$ 1.323.658,19. Já a contrapartida do SAAE será de R$ 266.042,26, totalizando R$ 1.589.700,45 em obras.

O primeiro projeto aprovado é para substituição de interceptor de esgoto do Córrego Monjolinho, trecho compreendido entre a avenida Capitão Luiz Brandão e a captação do Espraiado. Esta obra contempla a substituição da atual estrutura por tubos com diâmetro de 800 mm em PEAD, com extensão aproximada de 1.500 metros. O investimento total será de R$ 855.234,76.

Outro projeto aprovado diz respeito aos serviços de substituição de redes de ferro fundido e ferro galvanizado de abastecimento de água com método convencional. O valor total da obra é de R$ 514.153,23. “Esta obra irá substituir aproximadamente 4.700 metros de redes de água de ferro fundido e ferro galvanizado nas vias públicas que atualmente apresentam más condições de funcionamento na região Sul do município, incluindo os bairros Cruzeiro do Sul, Boa Vista e outros”, explicou Benedito Marchezin, diretor presidente do SAAE São Carlos.

SAAE 2O terceiro projeto é para a criação de espaços Permanentes de Educação Ambiental (PEA) nas estações de tratamento de água e esgoto de São Carlos. O valor total desta ação de educação ambiental é de R$ 220.312,46. Por meio desses espaços de educação ambiental a autarquia pretende educar mais de 8.500 pessoas diretamente a cada ano.

De acordo com a diretoria do SAAE as obras devem começar logo no início de 2020. “Os serviços de substituição de interceptor de esgoto do Monjolinho e das redes de ferro fundido e ferro galvanizado devem ser finalizados ainda no primeiro semestre de 2020”, finalizou Marchezin.

FEHIDRO – O Fundo Estadual de Recursos Hídricos é a instância econômico financeira do Sistema Integrado de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SIGRH) e tem como objetivo dar suporte à Política Estadual de Recursos Hídricos, por meio do financiamento de programas e ações, de modo a promover a melhoria e a proteção dos corpos d’água e de suas bacias hidrográficas. Esses programas e ações devem vincular-se diretamente às metas estabelecidas pelo Plano de Bacia Hidrográfica e estar em consonância com o Plano Estadual de Recursos Hídricos (PERH).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário